A peleja da Transferência do Cú

A casa, a televisão

O sofá e a geladeira

A velha espreguiçadeira

A “radiola” e o fogão

De nada faço questão

Pra lhe dar meu sobrenome

Se você quer, então tome!

Pra selar o desposório

Vá amanhã no cartório

Passar seu Cu pro meu nome!

Padre Maviael Melo

Há uma parte de ti

Que me deixa enlouquecidp

Se mais gostoso eu duvido

Não há nem pode existir

Por isso venho pedir

Por mais tempo que te tome

Só ele me mata a fome

Depois do nosso casório

Amanhã vá ao Cartório

Passar teu cu pro meu nome

Cardeal Alberto Oliveira

Se quiser vender, me venda

se quiser doar, aceito

se for preu comprar direito

decida se é doação ou venda

peço logo que me entenda

pois vou ser curto e grosso

não precisa de muito esforço

e nem de muito interrogatório

AMANHÃ VÁ NO CARTÓRIO

PASSAR SEU CU PRO MEU NOME.

Poeta Ronaldo Cisneiros – Timbaúba

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s