Zeto e Bia Marinho

zetoebia.jpg

Zeto foi cantor, compositor, poeta e cantador versátil, cujo estilo e talento transitava do clássico ao regional. Há quem diga que Zeto foi o Raul Seixas do Sertão. O poeta Zeto desencantou em 15 de outubro de 2002. A foto acima foi feita por Paulo Carvalho e quem, gentilmente, me enviou foi o poeta Zelito Nunes. A foto é, sem dúvida, uma relíquia.

ANDARILHO

Vou cantar com total atrevimento
Imitar os ciganos andarilhos
Percorrer os caminhos dos trocadilhos
Vendo louro inventar um novo invento
Misturar poesia e andamento
Construir uma estradeira
Ter um sonho normal numa esteira
Numa noite no lindo Moxotó
Caminhar nas estrelas vendo o pó
Das passadas da glosa derradeira

Imitar o pavão com suas cores
Vou vestir colorido em minha vida
Tratarei como sábio esta ferida
P’ra lembrar a loucura dos amores
Pois os loucos os grandes sabedores
Dão ao lúcido a loucura do real
Pra mostrar que o bem intencional
Faz morada em lugar bem diferente
Qualquer cor, qualquer dor é sempre gente
Sugerindo a paixão o seu aval

A tarefa é não ter nenhum caminho
P’ra encontrar o caminho do não ter
Ser irmão do bonito amanhecer
Ser agulha seguindo o seu alinho
Encontrar multidões quando sozinho
Colocar tom menor no violão
Ser maior entoando uma canção
Perceber quanto tempo falta ainda
Colocar no cabelo a fita linda
Como fosse uma estrofe de canção

Anúncios

15 Comentários

Arquivado em Uncategorized

15 Respostas para “Zeto e Bia Marinho

  1. Josimar Matos

    Conviver com ZETO foi uma das melhores experiências que tive. Assim como ele, também fui adotado pela cidade de São José do Egito. Fizemos arranjos de músicas juntos e participamos de Festival de música FEMPP). Saimos vencedores. A foto é uma relíquia, e “Andarilho” é uma obra prima, assim como tantas outras composições que ele deixou de legado.. Um grande beijo poeta onde quer que você se encontre. Oxalá esteja ao lado do Pai Maior, tocando violão e encantando outros Anjos com a sua poesia imorredoura. Saudades…

  2. FRANKLIN

    MOMENTO INESQUECÍVEL

    Um dos melhores dias que passei na minha viada foi ao lado de Zeto, e ainda digo, eu não o conhecia, mas numa bela tarde em Aldeia na cidade de Camaragibe tive a honra de conhecer Zeto e Bia Marinha na casa de Owvaldo Barboza juntamento com Alberto.
    Confesso fiquei muto emocionado como Zeto apresentou sua alma pra gente, e Bia então meu Deus, meus ouvidos nunca tinha escultado tanta beleza.

    Se hoje estivesse no plano de Zeto e se tivesse a opção de retornar, sei lá acho que iria pedir pra ficar.

    SAUDADES ZETO!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  3. saulo

    Gostaria de saber onde enconto os discos de Zeto e Bia Marinho

  4. saulo

    gotaria da saber onde encontro os discos de zeto e bia aqui em recife

  5. Thiagim

    Ixe maria zeto
    falar desse grande homem e um prazer imensso
    poeta vei um exeplo de simplicidade
    nau cheguei a conhecelo pessoalmente
    mas Bia e os seus filhos ja, e pode ter certeza deixastes muita saudades so um fan seu
    tenho seu disco e guardo com todo meu coracao
    foi Gron q mim deu tal e ao escutalo mim da uma senssacao tao gostosa nao sei como explicar
    so pegando minha flauta e acompanhando a melodia maravilhosamente linda nau tem se quer um defeito e perfeitamente linda……

  6. HVB

    Eu fiz esse poema na época da desencarnação de Zeto, foi me Maizinho quem me deu a triste notícia, e então prontamente o dediquei a esse grande Poeta!

    Meditabundo

    Ser em fim um meio de tudo
    Ter em mim um freio de burro
    Pensar no todo como inteligível
    De toda mudança enxergar o sensível

    Ter em fim um pedaço do bolo
    Ser em mim a metade do todo
    Encarar o amanhã como algo não meu
    Um futuro vazio é o passado de Deus

    Ser a fiadeira desse universo parco
    Costurar as estrelas de meu peito em meu braço
    Saltar as janelas de dimensão em dimensão
    Buscar da ciência a costela de Adão

    O nada vazio é impossível de ser
    O infinito-perfeito um fim deve ter
    Não crer no saber diferente ou igual
    Crer no não-ser como ente real

  7. zeto é um dos maiores poetas que ja vi na vida.
    musicas com profundidade, sensibilidade e estilo próprio. adimiro de maisss!!
    Parabéns zeto.

  8. Rúbio Tores Rodrigues

    Zeto ou melhor, Caboca como era conhecido na época de colégio, foi um dos amigos com o qual vivenciei experiências unicas, nos idos de 1975, no colégio Diocesano de Caruaru. Um artista único.

  9. A memória do grande Zeto esta preservada no DVD de Irah Caldeira, a mineira mais “nordestina” do Brasil. Ela gravou uma música lindíssima do Zeto, ‘Até” , é impérdível não deixem de ver. Zeto foi sem dúvidas um dos maiores compositores de nosso Pernambuco.VIVA A CULTURA PERNAMBUCANA!!!VIVA ZETO.

  10. João Eudes Nunes Ferreira

    Eu tive a felicidade de ter conhecido Zeto e Bia, na minha primeira participação de um FESTIVAL DE MÚSICA, em Afogados da Ingazeira, na década de 80 . Eles ficaram em 1º. e eu em 2º. parece até que foi ontem. Saudade!

  11. Fábio Gondim

    Não tive o prazer de conhecer o grande e fantástico Zeto. Me tornei fã após a sua partida para o andar de cima. Tenho 02 CD’S do mesmo, sendo um tirado de vinil (andarilho), em junho de 96 ou 97 ele apresentou um programa na TV Jornal Canal 2 chamado “Pe de Serra” e cantou uma música chamada Engenho Velho (Meu engenho velho cansado de moer cana, cana crioula e caiana prá adoçar meu cariri…) quem souber se existe gravada por ele ou outra pessoa por gentileza me avisem, é muito importante para mim.

    Fábio Gondim

  12. Delzomar Pereira de Macedo

    Eu tambem tive o prazer de conviver um pouco com Zeto,
    quando na época ainda era Zé Antonio em São bento do Una.
    No inicio de sua trajetória artística.
    Ele já cantava e declamava com a alma.
    Grande amigo e grande homem.
    Que Deus à tenha.

  13. Ronaldo

    Conheci Zeto em São José do Egito, chamava a todos de poeta, pois sabia que se a boca não diz , a alma do povo canta. Simples e genial.
    Bia Marinho uma voz linda , que so perdia para a voz de sua irmã Bel, tambem ja esta na companhia de Deus.

  14. Fabio Rossano

    Conheci as músicas do Zeto por um amigo pernambucano. Estou agora divulgando este grande poeta, músico e compositor em São Paulo, entre os amigos que apreciam material de qualidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s