Antônio Pereira de Moraes – O Poeta da Saudade

Conhecido como o poeta da saudade, Antônio Pereira nasceu a 13 de novembro de 1891, no sítio Jatobá, hoje município de Itapetim, onde viveu até a morte, a 07 de novembro de 1982. Violeiro e poeta popular, ele mal assinava o nome e nunca fez da arte a sua profissão, tendo sobrevivido como modesto agricultor.

Antônio Pereira participava de jornadas de improviso apenas com os amigos e os seus versos sobreviveram ao tempo porque eram repassados verbalmente pelos seus admiradores que os decoravam. Em 1980, com a ajuda de amigos, publicou seu único folheto, “Minhas Saudades”, uma coletânea de sua poesia.

Alguns versos do poeta:

Saudade é um parafuso
Que na rosca quando cai,
Só entra se for torcendo,
Porque batendo num vai
E enferrujando dentro
Nem distorcendo num sai.

Saudade tem cinco fios
Puxados à eletricidade,
Um na alma, outro no peito,
Um amor, outro amizade,
O derradeiro, a lembrança
Dos dias da mocidade.

Saudade é como a resina,
No amor de quem padece,
O pau que resina muito
Quando não morre adoece.
É como quem tem saudade
Não morre, mas adoece.

Adão me deu dez saudades
Eu lhe disse: muito bem!
Dê nove, fique com uma
Que todas não lhe convêm.
Mas eu caí na besteira,
Não reparti com ninguém.

Anúncios

37 Comentários

Arquivado em Uncategorized

37 Respostas para “Antônio Pereira de Moraes – O Poeta da Saudade

  1. No Silêncio da Saudade

    Quem ama sofre calado,
    Ausente de seu amor!
    Tornando-se um sofredor…
    Porque não ver ao seu lado,
    Seu coração é magoado!
    Pra viver não tem ação…
    Seu mundo vira ilusão…
    A tristeza a mente invade…
    No silêncio da saudade!
    Só quem fala é o coração.
    ************************

    //Recanto
    //Anizio
    Em 15/04/2008.

  2. Se a saudade matasse/
    No túmulo eu já vivia/
    Há muito eu já residia/
    Mas continuo no impasse/
    Se o meu amor voltasse/
    Essa saudade morria/
    A mim não pertubaria/
    A vida era um mar de rosa/
    Cantando e falando prosa/
    Na vida eu tinha alegria…/
    **********************
    //Anizio, 05/06/2008

  3. Quem ama sofre calado/
    Seu peito é triteza e dor/
    Tornando-se um sofredor…/
    Porque não tem ao seu lado,/
    Seu amor mais desejado/
    Pra viver não tem ação…/
    Seu mundo vira ilusão…/
    A tristeza a mente invade…/
    No silêncio da saudade!/
    Só quem fala é o coração./
    **************************
    //Anizio em 05/06/2008.

  4. Sérgio Marcos Feitosa

    Filó, essa transcrição do versos do Poeta da Saudade está correta? Veja que tem palavra repetida.

    Saudade é como a resina,
    No amor de quem padece,
    O pau que resina muito
    Quando não morre adoece.
    É como quem tem saudade
    Não morre, mas adoece.

    • Jorge Danilo

      repetiu palavra mas o significado dela nas oraçôes é diferente,numa ele falou do substantivo resina,na outra ele falou do verbo resinar,poderia ser contestado se essa repetição fosse na rima,o que acarretaria na quebra do verso.

      • Mauricélio Américo Ferreira

        Na verdade, Jorge Danilo, eu acho que ele está se referindo a “adoece” que repete para rimar.
        Saudade é como a resina,
        No amor de quem padece,
        O pau que resina muito
        Quando não morre adoece.
        É como quem tem saudade
        Não morre, mas adoece.

  5. GILBERTO ALVES

    Eu ouvi de Luiz Vieira, no programa do Raul Gil em sua homenagem, os versos de Antônio Pereira em que compara a saudade com um parafuso e fiquei impressionado. Quis saber mais sobre esse poeta, perdido no anonimato que coloca no ostracismo tantos artistas de valor. Gostaria de saber mais sobre a vida dele e conhecer suas poesias. E que Deus o abençoe por ter feito coisas tão lindas e ser tão humilde.

  6. Mônica SAntos

    Olá, conheci a obra desse poeta a poucos dias em um programa de televisão, Santo Deus? Que ventura!!! Que homem abençoado!!! Fico triste a me perguntar aonde eu estava que não o conheci antes?! Mas o Brasil é assim mesmo, imenso, um mosaico cultural!!! Antonio Pereira tanta graça!! alguem diria “coisas pra dizer benzó deus” rs! SEmana tranquila!!! beijos Mônica!

  7. Curiosamente, assistindo a um programa de TV em que o grande poeta e compositor Luiz Vieira era o artista homenageado, pude ter a honra de ver e ouvir declamada a poesia “Saudade” do poeta Antônio Pereira. Confesso minha ignorância literária acerca da existência desse gênio (…mais um dentre tantos havidos e esquecidos, neste nosso imenso Brasil), porém, agradeço ao compositor Luiz Vieira, por me presentear com tal alvíssara, afinal de contas, nunca é tarde para se aprender e conhecer. Fiz faculdades de Letras e História, mas, desconhecia a maravilhosa e singular obra do poeta Antônio Pereira. Em um país, hoje, tão carente de inspiração e criatividade, verdadeiramente o que nos resta é a “SAUDADE”.

  8. Jorge Danilo

    Antônio Pereira provém de uma cidade do sertão do pajeú,Itapetim-Pe, onde quase todo mundo tem o dom da poesia,ali você encontra desde crianças a idosos que fazem poesia naturalmente,antônio Pereira é um dos grandes poetas que dali veio,outros nomes de Itapetim podem ser citados como:Otacílio batista que compôs “Mulher nova, bonita e carenhosa”,Rogaciano leite que foi poeta e também jornalista,José Adalberto,Pedro Amorim,etc.findo aqui o comentário com um verso do poeta José Adalberto:
    A saudade não mata mais sufoca
    A distância não corta mais machuca
    A saudade não fura mais cutuca
    A distância não briga mais provoca
    A saudade é a música que mais toca
    Na vitrola do meu pensamento
    A distância é parede sen cimento
    Que não cai com chuva e nem ventania
    A distância não mata só judia
    A saudade provoca o sofrimento.

    • Maria Sonia Leite

      MARIA SONIA LEITE
      17/03/2015 ÁS 10:10 h.

      Lamentavelmente, o poeta, Antonio Pereira de Moraes é reconhecido, equivocadamente, como filho natural de Itapetim. Digo, lamentavelmente, não por Itapetim não merecer, pois é terra mãe de grandes poetas, mas por Antônio Pereira de Moraes ser, na realidade, da cidade de Livramento no Cariri paraibano, Sitio Barra do Mineiro, outra terra de poucos, mas de grandes poetas, e como tal tem que ser conhecido.

      No verso “Saudade” o poeta por ser marceneiro (uma de suas profissões)disse:

      Saudade é um parafuso
      Que na rosca quando cai,
      Só entra se for torcendo,
      Porque batendo num vai
      E enferrujando dentro
      Nem distorcendo num sai.

      Eu costurando disse:

      A Saudade é o avesso
      De um terno mal chuleado
      Um botão longe do outro
      É um pano bem rasgado
      Uma agulha sem a linha
      É um ponto despontado

      Despontado um coração
      Com uma dor que não tem jeito
      Se assemelha a ferrugem
      Corroendo o meu peito
      É igual erva daninha
      Se espalhando no meu leito

      No meu leito se encontra
      Uma dor Que é tão doida
      Esse sangue que se esvai
      Não é tinta diluída
      É um corpo agonizando
      É uma alma sem guarida

      Soninha Leite

  9. ALINE

    Saudade a gente,Mata!
    Lembrança a gente,Guarda!
    Tristeza a gente,Supera!
    Alegria a gente,Conserva!
    Amigos a gente,Nunca esqueçe!
    Ai…saudade.

  10. Gessyka

    Saudade é feito bicho:
    se correr ele nos pega, se ficar, come.

  11. Queimei a dor da saudade.
    */*/
    O tempo foi se passando
    Você foi e me deixou
    Mas a saudade ficou
    No meu peito magoando
    Mas eu sempre esperando
    Por nossa felicidade
    E com tanta ansiedade
    Você para mim voltou
    No fogo do nosso amor
    Queimei a dor da saudade.

    //Anízio, 07/08/2010.

  12. walber aguiar

    saudade é um pássaro sem asas
    que pousa no peito cansado
    que nos chega de repente na retina fatigada
    que invade a madrugada
    num pesadelo do cão
    saudade, palavra doce
    tem um pingo de amargor
    inda mais se esta saudade
    traz no peito um grande amor…
    quero que ela vá embora
    mas me deixe nessa hora
    a tal da felicidade
    mas que não desapareça
    para que nunca me esqueça
    do grande amor da saudade…

    walber Aguiar ´da Academia Roraimense de Letras… 3 de dezembro de 2o1o.

  13. Pingback: Os números de 2010 | coisas pra se dizer benzó deus

  14. ALBERTO QUINTANS

    Eu gostaria primeiramente, de pedir vênia aos nobres escribas, que em seus pareceres, defendem que se deve “matar saudades”. Pois humildemente, ouso discordar dessa assertiva. Por gentileza, não me queiram mal.

    A razão do meu discordar quanto à morte da saudade, reside no entendimento que defendo, que, “SAUDADES”, somente se nutre, daquilo que noa apraz, que nos faz bem. Então, saudade a meu entender, não se mata, e sim, se cultiva, se nutre, se cuida. Pois saudade é reflexo de paixão. Assim, descrevo sobre saudade:

    A SAUDADE ACOMETE A TODA GENTE
    E SOMENTE SE TEM DO QUE É CARO.
    SEJA UM AMOR, OU UM MOMENTO RARO,
    SE ESPERA, ACONTEÇA NOVAMENTE.
    É UMA ÁRVORE QUE ENRAÍZA EM NOSSA MENTE
    QUE NÃO SE ABALA, NEM COM A FORÇA DE UM TUFÃO,
    BUSCANDO SEIVA NO POÇO DO CORAÇÃO
    PRA PODER MANTER FIRME A SUA FRONDE,
    PROVOCANDO SOFRIMENTO PORQUE ONDE,
    TEM SAUDADE, HÁ SEMPRE UMA PAIXÃO…

  15. walter

    Apenas uma curiosidade: O grande Luis Vieira, poeta compositor, jornalista, radialista de grande sucesso lá no Rio de janeiro, não era muito estranho dos poetas itapetinenses, o mesmo era daqui de caruaru, onde tornou-se amigo do grande rogaciano leite que era itapetinense, e residia aqui em caruaru, na epoca trabalhava na radio difusora de Caruaru, então os Dois genios da poesia rodaramm juntos por este pajeú e ficaram muito amigos; está a explicação porque o grande luis vieira seja tão familiarizado com as obras dos grandes ITAPETINENSES.

  16. walter de Caruaru

    Ouvindo um programa de radio ouví uma frase do poeta da saudade que muito me impressionou, como um homem simples como ele tinha uma mente tão iluminada! cheguei a seguinte conclusão: Lá em itapetim quem não é POETA, É A PROPRIA POESIA. Vejam vcs que frase espetacular sobre a saudade: A ALEGRIA DE SABER QUE VOCE EXISTE ME FAZ FORTE PARA SUPORTAR A TRISTEZA DE SUA AUSENCIA.

  17. walter de Caruaru

    A DISTANCIA PODE SEPARAR DOIS OLHARES, MAS NUNCA DOIS CORAÇÕES… Esta frase é linda e resume o sentimentalismo das almas sertanejas; minha reverencia ao poeta da saudade o grande ANTONIO PEREIRA lá de itapetim, a terra que: quem não é poeta é a propria POESIA.

  18. francisco de sales coreiro

    quem é que não tem saudade
    do tempo em que foi criança
    o tempo da mocidade
    que hoje esta na lembrança
    das noites iluaradas,
    das festas de vaqueijadas
    lá na fazenda esperança

    • Andre

      posso sugerir o final pra você. em vez de ser “lá na fazenda esperança” voce pode dizer “e as noites bem amadas” Que vai combinar com vaquejada. mas muito bonito seu verso.

  19. geraldo oliveira aragão

    Já ouvi um gaucho cantando a 1ª estrofe de SAUDADE e o poeta geraldo do norte pateu forte dizendo ser plágio, será que o artista gaucho se apropriou à revelia,ignorava a autoria ou teria autorização de quem de direito?
    O que de fato houve?

    • resolvi arrumar meus pensamentos
      para um pouco da seudade rebuscar
      a douçura da vida dum menino
      do sertão nordestino relembrar
      o coice de um jegue traiçoeiro
      o rastro dum guará como roteiro
      para o mel de mandori saboriar.

      das coisas que provei no meu sertão
      a pior foi viver a orfandade
      a escassez do pos guerra triturou
      meu sonho de viver prosperidade
      sob o sol causticante do nordeste
      sem direito a um palmo de agreste
      pra viver dependi da caridade.

      Apesar da tragedia que vivi
      recordo com saudade minha infancia
      a malhada coberta de velame
      matapasto e fedegoso em abundancia
      são as ervas comum da minha terra
      quem na vida à magoa se aferra
      perde todo o sabor da sua infancia.

  20. Damião cordeiro, o Poeta do Acaso

    “Ouvindo o poeta Antônio Pereira
    À risca pus em prática dele a receita,
    Fervi a semente em alta temperatura,
    E pra não sentir o fel que viria em deleita
    No Saara enterrei-a imensurável fundura,
    Portanto, da saudade nenhuma colheita.”
    Damião Cordeiro, o Poeta do Acaso.

  21. Delzomar Pereira de Macedo

    Quem quiser plantar saudade
    primeiro escalde a semente.
    Depois plante em lugar seco
    onde bata o sol mas quente
    pois se plantar no molhado
    quando nascer mata gente

    Linda poesia do poeta Antonio Pereira.

  22. DDS

    morro e não vejo mais a tal da felicidade da minha vida só resta recordações e saudade

  23. PORQUE CREDITAM A CANTOR E COMPOSITOR RAUL SEIXAS A A1ª ESTROFE DESSA POESIA?

    A saudade é um parafuso que quando a rosca cai só entra se for torcendo porque batendo não vai. Mas quando enferruja dentro nem distorcendo não sai.
    Raul Seixas

  24. luiz carlos rodrigues alves

    isso é ótimo. Um show de poesia.

  25. Mari

    LEIA SOZINHO porque
    no passado eu também
    não acreditava que ia dar
    certo, mas? funciona
    mesmo!!! Entrei neste site
    e fiz esta prece. Fiz para
    ver se ia dar certo e deu,
    assim que acabei meu
    amor ligou. A pessoa que
    eu copiei também não
    acreditava mas para ela
    também funcionou!
    AGORA VEREMOS? Diga
    para você mesmo o nome
    do único rapaz ou moça
    com quem você gostaria
    de estar (três vezes)?
    Pense em algo que
    queira realizar na próxima
    semana e repita para
    você mesmo (seis vezes).
    Se você tem um desejo,
    repita-o para você
    mesmo (Venha cá ANJO
    DE LUZ eu te INVOCO
    para que Desenterre AA
    de onde estiver ou com
    quem estiver e faça ele
    ME telefonar ainda hoje,
    Apaixonado e
    Arrependido, desenterre
    tudo que esta impedindo
    que AA venha para MIM
    l, afaste todas aquelas
    que tem contribuído para
    o nosso afastamento e
    que ele jnc não pense
    mais nas outras? mas
    somente em MIM. Que
    ele ME telefone e ME
    AME. Agradeço por este
    seu misterioso poder que
    sempre dá certo.
    Amém?). Publique esta
    simpatia por três vezesSó
    mesmo esta simpatia,
    quero compartilhar com
    você a minha alegria e
    mostrar que se para mim
    deu certo para você
    também dará basta copiar
    e colar por três vezes em
    inforum diferente esta
    simpatia abaixo e logo
    em 48hs você terá uma
    linda surpresa, beijos
    Ainda esta noite de
    madrugada o TEU amor
    dará conta de que TE
    ama, algo assim
    acontecerá entre 1 e 4
    horas da manhã esteja
    preparada para o maior
    choque de sua vida! Se
    romper esta corrente terá
    má sorte no amor

  26. Osmar Ribeiro

    “A saudade é como cupim na madeira, corrói por dentro, acaba uma vida inteira ….” Poesia faz bem pra alma! Parabéns a todos os poetas.

  27. Maria Aparecida Pereira

    Jair gallo matos
    Boa tarde!
    Obrigada pela homenagem referindo-se ao poeta da saudade.
    Sou neta do poeta: Antonio Pereira de Morais
    Estou no término da biografia dele.

    Obrigada
    Citei sua homenagem no livro.

    Belo Horizonte !14 de Outubro de 2016

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s