A verve poética do velho Chico


Num Brasil de tantos Chicos, ele poderia ser apenas mais um. Poderia ter sido um Buarque, um Anísio,
um qualquer. Mas a vida decidiu lhe presentear com um Pedrosa. Tá aí…Chico Pedrosa. Um poeta. Não
um Chico poeta qualquer. Mas um Chico Poeta Pedrosa. Um paraibano de voz firme, sertanejo, versejador e
declamador de causos e belos poemas do cotidiano e do imaginário nordestino. Quem vê Chico declamando,
com sua terna disposição, tem a certeza de estar diante de um grande ícone da cultura Nordestina.

Herdando influências de Zé da Luz e de Patativa do Assaré, Chico Pedrosa é respeitado por nomes como
Jessier Quirino, Lirinha e tantos outros poetas, que adicionam às suas obras um pouquinho da arte do poeta
maior. Anos e mais anos de vida, Chico. A cultura Nordestina agradece.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s