Sobre o poeta Ericsson Luna

Passando pela Rua da Moeda, não lembro ao certo o nome do Bar mas logo mais direi, percebí uma justa homenagem ao poeta falecido Ericsson Luna. Luna que tanto frequentou aquela região ganhou uma homenagem merecida. Ta lá estampada uma foto gigantesca do Poeta, bem à frente da estátua de Chico Science. Na foto, Luna aparece no seu local mais estimado: a mesa de bar. Há algumas postagens atrás, postei nesse blog a mesma foto que está lá na frente do bar. Alguém fez um comentário e escreveu uma coisa que eu achei fenomenal: os poetas vivem em um universo diferente, criado por eles e que ninguém mais é capaz de entender. É bem verdade. Luna foi um exemplo disso. Sua obra permanece imortal até hoje.

OBS: Depois colocarei uma foto do bar e da homenagem ao poeta.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “Sobre o poeta Ericsson Luna

  1. Moyses

    O Ericsson Luna foi meu grande amigo de adolescencia e eu não sabia da sua morte (estava fora do Brasil) procurei seu nome na rede e fiquei muito feliz por ter encontrado tanta coisas sobre ele e resolvi visitar esse blog,e me pegou de surpresa a transferencia do Ericsson pra o mundo dos poetas,e é lá que ele me viu sentir a sua perda, a perda de uma pessoa que me encantava tanto com suas poesias. Mas é assim amigo como vc dizia: vez por outra uma presença me confunde a solidão,menos espero e muito mais vejo só…. te amo amigo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s